Pular para o conteúdo

Psicanalistas não fazem anamnese

Devido à infiltração acadêmica interessada nos conhecimentos psicanalíticos nas últimas décadas, algumas práticas começaram a ser indevidamente incorporadas à psicanálise brasileira. Uma delas é a realização da anamnese: uma entrevista a fim de colher dados que possibilitem o diagnóstico. Deve ser utilizada por profissionais de saúde, mas nunca por psicanalistas.

O que é anamnese?

Anamnese é o levantamento de dados do paciente/cliente antes do início do tratamento. Geralmente, além de dados pessoais como nome, idade, peso, altura etc., faz-se um breve levantamento das memórias recentes do paciente a respeito da queixa. Essa prática é comum na área de saúde por facilitar a composição do diagnóstico, mas deve ser completamente evitada na psicanálise.

Por qual razão psicanalistas não devem fazer anamnese?

A terapia psicanalítica consiste na livre associação, tendo como objetivo o desmantelamento do superego e das opressões culturais que impedem a espontaneidade do indivíduo, tais como o diagnóstico. Quando a(o) psicanalista colhe dados do cliente (como idade, sexo biológico, religião etc.), inicia-se a construção de um diagnóstico em detrimento da livre associação e também da atenção flutuante, prática de ouro a ser executada pela(o) psicanalista durante a análise.

Além disso, as psicopatologias amplamente conhecidas não são de interesse da psicanálise, somente da indústria farmacêutica que visa lucrar com elas. Isso significa que psicanalistas não fazem qualquer tipo de diagnóstico. Psicanalistas livram o indivíduo do diagnóstico.

Portanto, lembre-se: um(a) psicanalista que faz anamnese de seus pacientes não é psicanalista, pois terá descaracterizado completamente a prática psicanalítica ao utilizar protocolos contrários aos ensinados por Sigmund Freud.

Marcações:

12 comentários em “Psicanalistas não fazem anamnese”

  1. È muito importante deixar esse assunto claro pois sair fazendo diagnósticos abre muito espaços para erros, diagnósticos precipitados. Ajudar o paciente sem dar um rótulo sobre a situação, permite que não se abra espaço para vitimismo, e pode colaborar com a confiança do mesmo, para superar a questão que o está incomodando.

  2. Adriana dos Santos Lima

    Amei lê e saber que psicanalista não fazem anamnese ,pois eu não sabia e le esse artigo pra mim foi de grande ajuda .
    Psicanalista não fazem anamnese do seus pacientes.
    Psicanalista que fazem anaminese não é psicanalista pois terá descaracterizado por completo a prática psicanalista.

  3. Deise Taís Aparecida de Oliveira

    Acho muito importante na terapia não utilizar a anamnese, porque utilizando o mesmo dirige a atenção do paciente para certos assuntos. Acredito que na Psicanálise, quem faz a pauta das sessões é o paciente mesmo. Do que mais gosto nessa profissão é onde o profissional possa falar.

  4. Na Psicanálise o paciente fica livre pra poder falar suas dificuldade suas queixas , tendo como principal ajuda o Psicanálista ter empatia…pra conduzir da melhor forma sua sessão terapêutica

  5. Tatiana dos Santos Araújo

    Realmente a anamnese descaracteriza a psicanálise, como utilizar a livre associação e a atenção flutuante, sabendo os dados e os problemas enfrentados pelo paciente com antecedência, tal atitude interfere diretamente na observação e conduta da terapia.

  6. Patrícia Aparecida dos Santos Gonçalves Morais CPF 21775715884

    isso e excelente,visto que muitas pessoas sentem invadidas ao relatar algo intimo,isso deve surgir por vontade propria durante as sessoes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress
× Fale conosco